Alergénio: Mostarda

March 03, 2020

Alergénio Mostarda - Fidu | Alimentos Inclusivos

A planta de mostarda pertence à família Brassicaceae e existe em diferentes variedades. A mostarda branca e amarela (Sinapis alba L.), a mostarda preta (Brassica nigra L.) e a mostarda castanha/oriental (Brassica juncea L.) são os principais tipos de sementes de mostarda usadas na culinária e na indústria de alimentos. O óleo de mostarda é também amplamente utilizado como óleo comestível e como aromatizante na culinária indiana. (1)
A mostarda é um alergénio muito potente que, mesmo em pequenas doses, pode causar choque anafilático. (2) Estima-se que doses de cerca de 1mg de proteína sejam suficientes para desencadear uma reação em pessoas alérgicas à mostarda. (1)
As principais proteínas da mostarda são resistentes ao calor e não são muito afetadas pelo processamento de alimentos. Portanto, pessoas com alergia à mostarda reagirão à mostarda em refeições cozinhadas. (3)

Sintomas de alergia a mostarda
Os sintomas de alergia a mostarda, podem surgir rapidamente (geralmente em minutos, mas às vezes até duas horas). Os sintomas leves podem incluir erupção cutânea (urticária) em qualquer parte do corpo, formigueiro, comichão na boca ou rinite.
Os sintomas mais graves podem incluir: inchaço da face, garganta e/ou boca, dificuldade em respirar, asma grave, dor abdominal, náusea e vômito. Em alguns casos, pode ocorrer uma queda drástica da pressão arterial, colapso, inconsciência e choque anafilático. (3)
O risco de reações graves e anafilaxia à mostarda parece ser maior em adultos do que em crianças. Foram relatadas reações anafiláticas em 2% das crianças e 48% dos adultos com alergia confirmada à mostarda. (1)

Reação Cruzada na Alergia a Mostarda
Ocorre reatividade cruzada quando pessoas alérgicas a um alimento específico também reagem a um alimento diferente, devido à semelhança das suas proteínas.
Plantas da família Brassicaceae, à qual a mostarda pertence, podem desencadear reações adversas em alérgicos à mostarda. Exemplos destas plantas são os brócolos, couve-flor, repolho, couve de bruxelas, couve chinesa, nabo, rabanete, canola e colza. Os óleos de canola e de colza altamente refinados não são considerados um risco para as pessoas com alergia à mostarda, mas os óleos destas espécies prensados a frio menos refinados, podem conter proteína residual, devendo ser evitados por indivíduos com alergia à mostarda. (4)
Existe uma alta associação entre sensibilização ao pólen de Artemisia vulgaris e alergia a mostarda como parte da “Síndrome do Aipo-Artemísia-Bétula-Especiaria”. (1)
Há relatos também de uma associação significativa entre alergias a frutos de casca rija (amêndoa, noz, pistácio e avelã) e especiarias, entre elas a mostarda.
Algumas pessoas com alergia a mostarda apresentam também alergia a frutas frescas, como pêssego, maçã, pera, damasco, cereja, ameixa, kiwi ou melão. (3)

Após o diagnóstico de alergia a mostarda, o tratamento de eleição é evitar todos os alimentos que contenham mostarda. Quando falamos em mostarda lembramo-nos do molho amarelo feito a partir das suas sementes, e esse parece fácil de evitar, mas ela pode estar presente em muitos alimentos processados devido à sua ampla utilização na indústria. Por isso é muito importante ler cuidadosamente os rótulos de todos os alimentos. A mostarda faz parte da lista de ingredientes de declaração obrigatória na União Europeia, pelo que deverá aparecer destacada na rotulagem. (3) Saiba quais os alimentos que têm ou podem conter mostarda na sua composição, no quadro abaixo.
Todos os alimentos derivados da planta da mostarda, incluindo folhas, sementes e flores de mostarda, sementes de mostarda germinada, óleo de mostarda que são suscetíveis de causar reações em pessoas com alergia a mostarda. Sendo por isso aconselhado a evitá-la em todas as suas formas. (3)

Alimentos que têm ou podem conter mostarda: (4, 5, 6)
Alimentos que têm ou podem conter Mostarda

Apesar de a mostarda ser um alergénio que não está diretamente relacionado com os nossos produtos, faz parte da missão da Fidu informar e sensibilizar para as diferentes alergias e intolerâncias alimentares. A mostarda é um dos 14 alergénios de declaração obrigatória na União Europeia, sendo por isso um dos 14 alergénios que controlamos na nossa seleção de matérias primas e fornecedores, para que não ocorra risco de contaminação cruzada dos nossos produtos, instalações e equipamentos.

NOTA IMPORTANTE: O conteúdo desde artigo é meramente informativo e não deve substituir as indicações médicas. Caso suspeite de que sofre deste tipo de alergia deverá procurar aconselhamento médico.

---
(1) NDA, 2016. Scientific Opinion on the evaluation of allergenic foods and food ingredients for labelling purposes. EFSA Journal, 12(11).
(2) Grupo de Interesse de Alergia a Alimentos da SPAIC, 2017. Alergia Alimentar: conceitos, conselhos e precauções, 1a Edição. Lisboa: Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica com apoio de Thermo Fisher.
(3) Anaphylaxis Campaign, 2018. Mustard Allergy: The Facts. Disponível em: https://www.anaphylaxis.org.uk.
(4) Government of Canada, 2017. Mustard, A priority food allergen. Disponível em: https://www.canada.ca.
(5) Pádua, I., Barros, R., Moreira, P., & Moreira, A., 2016. Alergia alimentar na restauração. Lisboa: Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, Direção-Geral da Saúde.
(6) Food Allergy Canada, 2020. Mustard. Disponível em: https://foodallergycanada.ca.


EN