11 Dicas para lidar com Alergia Alimentar

novembro 22, 2019

11 Dicas para lidar com Alergia Alimentar

Este post não é só para alérgicos, é para todos!
A alergia alimentar é uma problemática crescente que afeta crianças e adultos. Aqueles que não têm alergias alimentares podem ajudar, entendendo a condição e fazendo a sua parte para criar um ambiente seguro para impedir a ocorrência de reações graves. Neste artigo, partilhamos 11 dicas para lidar com uma alergia alimentar.

1. Não use os mesmos utensílios para fazer alimentos que possam conter alergénios alimentares. Use um utensílio de servir por prato.


2. Não basta retirar um alergénio de um alimento e servi-lo a alguém com essa alergia. Por exemplo, não retire o ovo do prato quando ele já teve contacto com os outros alimentos, esses alimentos e esse prato ficaram contaminados com o alergénio a partir do momento em que lhe tocaram.


3. Lave bem as mãos e a boca após tocar ou comer alimentos alergénios, quando está com alguém que sofre de alergia ou prepara alimentos para essa pessoa. É uma das maneiras mais eficazes de evitar a contaminação cruzada.


4. Use sabonete líquido para remover os alergénios. Os desinfetantes antibacterianos para as mãos e a água por si só não são tão eficazes.


5. Use métodos descartáveis (como toalhas de papel ou toalhetes com detergente) para limpar superfícies, pois os alergénios podem permanecer em esponjas ou toalhas.


6. Tenha muita atenção aos rótulos dos alimentos, leia sempre a lista completa de ingredientes e quaisquer instruções de precaução como "pode conter".


7. Não ofereça alimentos a nenhuma criança sem o consentimento dos pais. Se a criança tiver uma alergia grave, mesmo só uma dentada pode ser suficiente para desencadear uma reação severa.


8. Pergunte aos seus convidados se eles têm alergias alimentares e como pode ajudar a tornar a vossa refeição mais inclusiva e segura para eles.


9. Nas festas infantis, se oferecer saquinhos de brinde com guloseimas, procure artigos que venham embalados e se possível que tenham a lista de ingredientes na embalagem. Isso evita que ocorra contaminação por alergénios entre eles e ajuda os pais a selecionar o que é seguro para a criança.


10. Ao primeiro sinal de uma reação alérgica, é essencial atuar de imediato. Um alérgico traz habitualmente consigo a medicação de emergência que lhe salva a vida em poucos minutos. Esta medicação deve ser administrada de imediato, de acordo com o plano de emergência que a acompanha. Após a administração da medicação, deve ligar para o 112. Caso não tenha a medicação, ligue de imediato para o 112 e só depois para a pessoa de contacto de emergência.


11. Certifique-se de que, se alguém tiver uma reação alérgica grave, vá imediatamente ao hospital mais próximo (de preferência em ambulância). A reação pode piorar ou até voltar, mesmo após tomar a medicação de emergência. (1)

Os produtos Fidu são isentos dos 14 principais alergénios e dos seus vestígios, sendo seguros para a maioria das restrições alimentares devidas a alergias e intolerâncias. São uma opção fácil e rápida de preparar para quem recebe convidados com alergias ou mesmo para quem pretende evitar alguns alimentos na sua dieta como cereais que contêm glúten.


Já experimentou os nossos bolos e cupcakes?
Veja como prepará-los de forma segura aqui.

____
(1) Food Allergy Canada (2011). Food Allergy Do’ s and Don’ ts. Disponível em: https://foodallergycanada.ca/.



PT-PT