Os 14 Principais Alergénios Alimentares

outubro 22, 2019

Os 14 Principais Alergénios Alimentares

Qualquer alimento pode ser um potencial alergénio, no entanto alguns alimentos são associados mais frequentemente às alergias alimentares.
Mais de 90% dos casos de alergia alimentar estão associados a 14 alergénios principais, cuja lista é definida pelo Regulamento (UE) nº.1169/2011 do Parlamento Europeu e do Conselho, que se baseia nos pareceres científicos adotados pela Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos (EFSA), sendo esses alergénios de declaração obrigatória na comercialização de alimentos nos países da União Europeia.
De acordo com essa lista, são consideradas substâncias ou produtos que provocam alergias ou intolerâncias, os seguintes:
1. Cereais que contêm glúten, nomeadamente: trigo, espelta, trigo Khorasan, centeio, cevada, aveia
2. Crustáceos
3. Ovos
4. Peixes
5. Amendoins
6. Soja
7. Leite (incluindo lactose)
8. Frutos de casca rija, nomeadamente: amêndoas, avelãs, nozes, castanhas de caju, nozes pécan, castanhas do Brasil, pistácios, nozes de macadâmia ou do Queensland
9. Aipo
10. Mostarda
11. Sementes de sésamo
12. Dióxido de enxofre e sulfitos
13. Tremoço
14. Moluscos

Os produtos Fidu são isentos dos 14 alergénios e dos seus vestígios, sendo produzidos em instalações próprias e exclusivas, a partir de matéria-prima rigorosamente selecionada de forma a garantir a isenção de contaminação por alergénios.

Informação baseada em publicações da SPAIC, EFSA e Regulamento (EU) nº 1169/2011.